105ª Sessão das Noites com Poemas com o escritor Júlio Conrado

Posted By Jorge Castro on Mar 18, 2018


(Conforme mensagem enviada por Rui Lemos)

A viagem continua. Cá vamos nós para mais uma sessão das Noites com Poemas, com o apoio da Câmara Municipal de Oeiras, debaixo da especial supervisão e organização do Jorge Castro que, como sempre, nos traz um convidado excelente e sempre bem acompanhado pelos poetas da casa que farão as suas intervenções.

Desta vez temos um sócio da EMACO, o escritor Júlio Conrado. Sigam as sábias palavras do Jorge:

No próximo dia 23 de Março (sexta-feira), pelas 21 horas, na Biblioteca Municipal de Oeiras, na próxima sessão das Noites com Poemas, contaremos, como convidado, com o escritor e crítico literário – simbiose de curiosa gestão e não isenta de risco… – Júlio Conrado.

Propõe-nos o convidado, como tema:

– Carcavelos nos 55 anos de carreira literária de Júlio Conrado 

O Professor José d’Encarnação trará consigo, também, o seu testemunho amigo, sempre precioso,  e alguns amigos mais preencherão o serão com poemas do autor e não apenas. Teremos, então, entre outros, Ana Freitas, Carlos Peres Feio, Eduardo Martins, Francisco José Lampreia… e por aí fora.

Carcavelos virá, também e necessariamente, à baila com poesia à mistura e, ainda, como elemento surpresa, um breve desempenho musical do  Sexteto 5+1 (5 Clarinetes+1 Saxofone Tenor), com o apoio da Direcção da Sociedade de Instrução Musical  e Recreio de A-dos-Francos (Caldas da Rainha) e da Junta de Freguesia da mesma localidade. Sim, porque isto anda tudo ligado… e mais não digo. Já sabem: o melhor é experimentá-lo.

Contamos, como sempre, com a vossa presença para que esta sessão plenamente se realize.

Perfil e bibliografia do autor:

Júlio Conrado

Júlio Conrado nasceu em Olhão, em 1936. Vive em S. João do Estoril. Escritor e crítico literário, publicou o seu primeiro livro (contos) em 1963 e o primeiro ensaio literário na imprensa de âmbito nacional em 1965 (Diário de Lisboa). Tem colaboração dispersa no Jornal de Notícias, Diário de Lisboa, O SéculoA Capital e República. Durante vários anos assegurou o balanço literário no jornal O Século. Exerceu crítica literária na Vida Mundialno Diário Popular, no Jornal de Letras e na revista Colóquio Letras, actividade que ainda mantém nesta última publicação. Coordena a revista de cultura e pensamento, Boca do Inferno, de Cascais. Está ligado às principais organizações portuguesas de escritores – Associação Portuguesa de Escritores, Pen Club Português, Centro Português da Associação Internacional dos Críticos Literários e Associação Portuguesa dos Críticos Literários. Participou, com comunicações, em congressos e encontros de escritores realizados em Portugal e no estrangeiro. Tem dezoito livros publicados de que destacamos Era a RevoluçãoAs Pessoas de Minha CasaGente do MetroMaldito Entre as MulheresDe Mãos no Fogo e Desaparecido no Salon du Livre.

Bibliografia

As Pessoas de minha Casa – 2017

Turbulência na Academia do Amor  – 2015

Barbershop – 2010

O Corno de Oiro – 2009

De Tempos a Tempos  – 2008

Nos Enredos da Crítica – 2006

Desde o Mar – 2005

O Deserto Habitado  – 2005

De Mãos no Fogo  – 2001

Maldito entre as Mulheres  – 1999

Era a Revolução  – 1997

Lisboa – As Lojas de um Tempo ao Outro I I – 1997

Lugares de Cascais na Literatura  – 1995

Lisboa – As Lojas de um Tempo ao Outro I  – 1994

Gente do Metro  – 1989

Olhar a Escrita  – 1986

As Pessoas de Minha Casa – 1986

Perfil completo

https://www.portaldaliteratura.com/autores.php?autor=62

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *